domingo, 22 de março de 2015

Amor Verdadeiro

Tenho alguns fantasmas na minha vida. Um passado conturbado, uma estrada longa que estou viajando a pé, um passo depois do outro. Às vezes corro, outras me arrasto, mas é aquele tipo de estrada que você até quer parar um pouquinho, mas sabe que não pode.
Remexendo no meu passado descobri que me apaixonei vezes demais e amei pessoas que não mereciam tudo o que senti. Você já amou de verdade? Pergunta idiota, pois acho que ninguém ama de mentira. A diferença é que tudo aquilo que nutrimos se fortifica, mas quando alguém faz o favor de dar umas machadadas no tronco, perto da raiz, por mais que a planta seja forte e tente desesperadamente sobreviver, ela vai perecer... nem que seja definhando aos poucos.
E é nesse momento que se percebe que era você mesmo o fantasma da sua vida.

Palavras da Vovó


Um Chapeuzinho que se preze, tem que ter uma vovó fofa na história. A minha sempre disse que o tempo cura tudo e de certa forma, a contragosto, ela tem razão.
Quando cansamos de viver certas situações, simplesmente nos fechamos para elas, mas o amor é algo tão maravilhoso, que eu não consigo resistir...
Fiz promessas para mim mesmo que quebrei, juro que não planejei certas coisas, mas estou vivendo meu conto de fadas! É certo que não imaginei que meu coração fosse teimoso ao ponto de se apaixonar sem estar verdadeiramente preparado!
Amor verdadeiro? Nada do que vivi foi de mentira, mas esse garoto invadiu minha vida de tal forma, que eu já não me sinto mais o mesmo! Ele arranca meus medos com as garras, devora cada pedaço sombrio da minha alma, lambe minhas feridas e me acolhe da forma mais carinhosa e terna possível.
Eu não estou apenas apaixonado, estou amando. Consigo me sentir completo novamente, protegido por seu olhar e dominado por seu desejo de me fazer seu... Estou feliz!

Passado


"Eu quero você pra mim!"
É exatamente isso: passado, passou e acabou.
As histórias que vivi, os amores que senti, as magoas das quais sobrevivi, foram um conjunto de coisas que serviram para me conduzir até meu Lobo.
E se um dia acabar?
Eu sei que sou dependente, mas se eu contar que a qualquer hora pode acabar, vou deixar de me entregar de forma completa ao meu amor. Não é justo com quem só tem me feito feliz desde o dia que nos conhecemos.
Meu Lobo merece ser amado completamente, apaixonadamente, ensandecidamente... Merece ser amado da forma que sei amar. Se para ele for o suficiente (ou se ele conseguir suportar), terá seu Chapeuzinho em suas mãos o tempo que desejar.
Para mim, conseguir amar de novo desta forma foi um presente, pois imaginei que não teria coragem de entregar os pedacinhos meio mal colados do meu coração a outra pessoa. Se pensar melhor, não entreguei... Ele que tomou pra si, dizendo que agora era dele... E eu fiquei tão feliz por alguém tão especial quanto esse guri querer algo que eu imaginei não servir mais para muita coisa, algo que só viveria do passado.
Ainda bem que estava enganado, pois seu carinho vem sendo, a cada dia que passa, o motivo de eu estar bem e de querer ficar bem. Não tenho vergonha de dizer que o amor e a paixão são os únicos sentimentos que me fazem ter vontade de viver... É isso, meu Lobo é quem faz eu ter vontade de voltar a viver.