quarta-feira, 30 de julho de 2014

Amor de Outono!

Li e reli as duas postagens que meu ex-ursinho escreveu, chorei, quis me enfiar embaixo da cama e nunca mais sair... mas a vida continua. Outro dia li que o mundo não vai parar só para você (no caso, eu) poder recolher os cacos do seu coração partido. Verdade, o mundo não para mesmo.
Ele tem a vida dele, os medos e desejos que quer realizar... quem sou eu para falar que qualquer pessoa está errada por querer voar? Eu gosto de voar e cada um tem a sua maneira de fazer isso.
Dez dias e eu já posso sair debaixo da minha cama, esticar o corpo e dizer que estou pronto para retomar minha rotina. Vou sentir saudades, guardar o que foi bom e pronto.
Quando eu disse que achava difícil manter uma amizade, não estava enganado. Ele se afastou por completo e eu me digo sempre que foi melhor assim.
Daí vem a pergunta que me fizeram várias vezes nesses dias: "Você já está pronto para outro relacionamento?" Nunca estamos realmente prontos para as mudanças em nossas vidas. Antes eu queria alguém para gostar, consegui, mas foi praticamente um amor de uma única estação. Meu amor de outono.
Nunca fui dado a relacionamentos curtos, mas as coisas nem sempre saem como planejamos. O que mais me saltou aos olhos nessa história, é que percebi que nada pode ser tão ruim como certas coisas que já aconteceram no meu passado e que hoje estou mais forte para enfrentar as coisas que acontecem na minha vida. Chorei, mas é normal chorar quando você gosta de uma pessoa e ela te deixa.
Fiquei com medo quando percebi que era mais que uma paixonite, pois já me vi entrando novamente em um buraco sem fundo e meu mundo desabando quando ele fosse embora. Se achei que ele iria me deixar? Toda pessoa insegura e carente sempre acha isso.
Bem, ele tinha dito em um dos posts que sabia que ainda não tinha me perdido. Se enganou. Meu coração desejou muito que ele voltasse, mas foi nos primeiros dias. Sou sonhador, mas nem tanto. Tive tempo de mais para rever determinadas atitudes, repetir e repetir na minha cabeça as coisas que eu tinha feito questão de não enxergar, desculpa vou retificar, as coisas que eu tinha feito questão de fingir que eu não tinha enxergado.
Certo, acabou e não vou correr atrás de quem não me quer mais e me deixou. Nunca corri e essa não será a primeira e nem a última vez que vou sofrer por amor. Não estou pronto para um outro relacionamento, mas também não vou me esconder da vida. Só quero ficar quieto por um tempo e deixar as coisas tomarem ser curso normalmente.
"Continue a nadar, continue a nadar..."
- Dori - Procurando Nemo.