quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Deliciosamente Manipulativo!

Minha perfeita representação desse mês!
Hoje reli alguns posts e lembrei de amores vividos, ilusões despedaçadas, enganos, sentimentos que nunca foram recíproco e acabou batendo um medo de coisas parecidas acontecerem novamente.
Respirei fundo. Cada história é uma história e as pessoas são diferentes umas das outras, pois se acharmos que é tudo igual, vamos viver parte, mas eu prefiro o todo.
Quem não tem medo de se machucar? Afinal, como dizem as pessoas mais velhas, o gato quando é escaldado, tem medo até de água fria. Só que eu jamais teria condições de dizer não quando o amor bate na minha porta e me convida para uma dança ao luar.
Costumo dizer que uso o Twitter e meu blog para desabafar, pois foram poucas vezes que compartilhei momentos bons. Acho que repartir tristeza é mais fácil, pois alivia um pouco o peso.
Por outro lado, também costumo ouvir que não devemos sair falando quando as coisas estão boas porque atrai inveja... Independentemente, não acho justo contar só um lado da história.

Meu "Segredo"!


Eu estou feliz e se não puder contar isso para as pessoas que gosto ou para aqueles que lêem a parte menos agradável, é melhor desativar o blog.
Você já esteve feliz? Já desejou algo em sua vida que pensou que seria impossível de conseguir, mas que um dia lhe foi entregue como um presente em suas mãos?
É exatamente dessa forma que me sinto. Eu estou feliz porque hoje estou vivendo algo que sempre desejei viver. Eu não conquistei, mas fui completa e absolutamente conquistado!
Depois de ler Caça ao Lobo, um poema que não fui eu que escrevi, e ter mergulhado em alguns outros posts meus, o improvável aconteceu e meu Lobo saiu em minha caça. Estranho como algumas coisas acontecem...
Nesse blog eu escancaro minhas limitações, problemas, sentimentos distorcidos em si próprios...  Coisas que vivi sozinho ou pela metade, amores desfeitos e pequenas tragédias. Como alguém pode enxergar através das palavras e apaixonar-se por um "anjo caído"?
Mais novo, menor e completamente dominador!
Outro dia ele me disse que ao entrar em contato comigo, já me conhecia um pouco. Não sei, na verdade, acho que ele me conhece bem demais. Tenho a impressão que esse Lobo desvendou minha alma e por ser deliciosamente manipulativo me conduz pela mão dentro do meu próprio mundo.
Ele consegue fazer eu me sentir seguro, protegido, amado e totalmente a vontade para poder amá-lo do jeito que sei. Carinhoso, ciumento, possessivo e dominador, exatamente o que gosto em um homem.
Eu reclamo, choramingo e ele simplesmente escuta e me acolhe. Tenho até medo que um dia demonstre falta de paciência com minhas neuras, pois já estou tão confortável, aninhado em seus braços, divagando entre a realidade e essa fantasia que me faz tão bem. Passeio entre a Terra do Nunca, o País de Alice e a realidade da vida de forma tão suave e boa, que até minhas músicas voltei a escutar.
Eu estou tão apaixonado por esse Lobo adolescente, que o fator dele ser mais novo que eu se tornou tão indiferente. Dono de uma voz deliciosa e de uma risada que contagia, a única coisa que soube fazer até agora foi me fazer feliz.
Aos que me aconselharam para ter cuidado em não sofrer, só posso dizer que é tarde demais para ter cautela. Eu já pertenço a esse Lobo... Meu coração, minha alma e o que restou da minha sanidade já estão nas mãos dele.
No momento, a única coisa que realmente me importa, é tentar fazer ele feliz também.
Eu te amo, meu Matheus!

Halo - Ane Brun



Crazy In Love - Sofia Karlberg