terça-feira, 1 de abril de 2014

1º de Abril - Dia da Mentira? Dia da Realidade!

 Meus novos remédios estão mesmo fazendo efeito. Acordei quase 10h da manhã! Apesar do sol lá fora, estou morrendo de frio. Uma febre besta está mesmo colaborando para meu corpo ter amanhecido tão dolorido.
Emocional? Provável.
Hoje meu mundo está preto e branco. Está sem o brilho da minha ilusão tão sutil.
Na madrugada eu levei o fora mais lindo e amável da minha vida! Não fui feito para o amor, nem se ele for imaginário. Uso esse termo, não porque o sentimento não exista, mas a distancia (e alguns outros fatores prático) impedem que ele saia desse contexto de faz de conta. Meu menino é o cara mais incrível do mundo e vai continuar sendo um dos meus amigos mais querido, mas ele não está preparado para oferecer mais do que já me oferece.
Você pode pensar que isso é pouco, mas é mais que tudo a minha volta.
Se você está em uma noite escura, no meio de uma tempestade, o breve clarão de um raio magnifico no céu pode te mostrar onde você realmente está e para que lado deve seguir, mesmo que a noite continue escura e a tempestade continue a desabar.
Eu preciso reajustar meus sentimentos e direcionar para o campo da amizade o meu encanto pelo Samuel, antes que eu me torne enfadonho e minha presença seja desconfortável na vida dele.
Nos últimos dois áudios que ele me mandou, precisei parar de contar quantas vezes ele usou a palavra "amigo" ou não ia entender qual era o outro teor da mensagem. Sim, eu sou bem neurótico... rs... Só que no horário do almoço, apesar do meu anjo tentar me tranquilizar, eu já tinha entendido sua resposta.
Desde o começo eu entendi seus motivos, mas a sua doçura e gentileza em me explicar tudo da maneira mais linda do mundo, só me fizeram te amar ainda mais.

Eu não quero deixar de te amar!  


Eu sei que você não vai mudar seu jeito comigo, não mudou anteriormente e não vai mudar agora. Sou eu que preciso de um tempo para rearranjar as coisas aqui dentro... 
No meu campo amoroso, você é a única pessoa que eu quero, pois mesmo com tudo isso, se eu tenho que amar sozinho, que seja uma pessoa tão linda e maravilhosa quanto você. Não quero gostar de um idiota que ri do que sinto e você é meu porto seguro. Quero que continue sendo o meu motivo para eu querer sair do meu casulo. Você é minha musa, Samuca! Meu anjinho, meu amor, meu doce, meu querido, meu, meu e meu, pelo menos aqui dentro do meu peito.

Achei um texto lindo na internet enquanto procurava as bolhas de sabão. Sempre gostei de bolhas de sabão, apesar de serem tão frágeis. O texto é de Léia Alves Moreira Pierucci

Sobre as borboletas e bolhas de sabão!

 
"Quanto a mim, gosto da vida: borboletas e bolhas de sabão e todas as coisas que, entre os homens, se assemelham a elas, parecem conhecer mais sobre a felicidade. Vendo flutuar essas almas leves, tolas, móveis, pequenas - isso seduz (...)"(Nietzsche)
 
 As melhores coisas da vida são de fato as mais leves,
As pequenas e singelas coisas, os mais breves momentos
Ao lado de quem amamos, e de quem nos ama.

A simplicidade de um abraço amigo,
A força de um aconchego do amado
A sutileza de um momento, breve.

Sentir o gosto da paz,
da esperança e da renovação
de um novo dia que nascerá.

Ai de nós pobres mortais que
não aproveitamos toda a beleza

que o alvorecer nos traz. 

Meu lindo, você é pura magia e encantamento. Te amo!