segunda-feira, 31 de março de 2014

Namora comigo?

Meu corpo ainda está tremendo e eu mal consigo respirar!
Não sou um homem de grandes iniciativas! Perdi o rumo quando ele disse brincando para eu dar uma cantada nele! Reconheço, sem nenhum problema, que minhas palavras saíram um tanto estranhas. Nem fiquei ofendido quando ele riu. Talvez um pouco constrangido, mas ofendido? Não.
Samuca é mesmo um doce. Reverteu a situação com seu jeito amável de sempre, dizendo que "Nem precisa disso. Só sorrir pra mim, já me ganha."
 Nessas horas meu coração dispara e o sorriso saí fácil. Esse guri não tem mesmo ideia do que significa pra mim! Eu tento puxar o freio e não ultrapassar os limites do que uma amizade impõe, mas meus sentimentos estão parecendo um caminhão desgovernado quando o assunto é esse meu menino!
 Fico com medo de assustá-lo, dele achar que não está preparado para deixar alguém gostar dele ou qualquer coisa desse tipo. Pra mim é tarde demais, pois já estou completamente cativado e apaixonado por ele.
 Pode botar esquizofrenia na minha lista de doido, porque já percebi que pelo menos na minha realidade, esse garoto já é meu. É meu amigo, meu amor, minha musa para a vida. Meu lado egoísta diz que se você não está preparado para amar alguém de verdade ainda, relaxa e só me permita gostar de você na minha intensidade. É claro que eu quero te conquistar, te fazer meu de verdade e ser seu da forma que você merece ter alguém, mas aí entra aquela história toda do Ramon!
 O que eu posso te oferecer agora? O que eu tenho para dar a qualquer pessoa nesse momento da minha vida? Arrastar você para a minha realidade, chega a ser cruel. Meus problemas psicológicos vão muito além do meu controle, mas pelo menos só machuco a mim mesmo.
E nesse passo, ele disse que se eu sei o que não posso oferecer, que deveria ter ciência do que posso.
Minha resposta é verdadeira. Posso dar minha atenção, meu carinho e dedicação, só que de forma virtual, em um post, oferecendo uma música ou te stalkeando. Minha espera por você entrar online, minha preocupação se você está tendo um bom dia, meus pensamentos totalmente voltados pra você... Meu sorriso quando recebo esse mesmo carinho. Já disse que mergulho no som da sua voz em cada áudio que me manda e fico feliz por você responder minhas mensagens...
Se essas coisas são tão importantes pra mim, se me afeta de forma tão positiva, porque outra pessoa não ia querer ter isso também?
Sua resposta me encorajou a te pedir em namoro. Um namoro virtual que eu nem sei como funciona, se tem algum tipo de regra ou não... Só que eu não pensei nas consequência que uma negativa pode trazer! 
Se minha mãe não tivesse me dopado antes da gente estar conversando, a essa hora a casa estaria completamente limpa (na melhor das hipóteses...)
Agora que o efeito do que eu tomei está passando e minha cabeça está funcionando melhor, que consigo ver que se sua resposta for não, tenho muito a perder... Está começando a bater desespero!!
Não, não, não, não... não é pra te pressionar...
Deus! Eu gosto tanto dele!!
 Ah, meu amor, não vou deixar de gostar de você se sua resposta for não, mas por favor, não me afasta...