sábado, 26 de outubro de 2013

Explosão

 Começou assim:
 Ontem, quando vi essa postagem no página dele, fiquei dizendo que não era indireta para mim. Na verdade, desde que levei o fora, o Wise não postou NADA, nem uma vírgula, destinada para o meu pobre coração.
Mesmo que tenha sido por coincidência, fiquei martelando isso na cabeça. Estou  mendigando o amor do Wise? Porque recíproco, eu sei que não é. Verdade, estou correndo atrás dele, como um cachorro abanando o rabo para qualquer atenção que recebe.

Dai hoje, resolvo cobrar um post, já que ele não reblogou mais nada. Acabou assim:
"Eu: Vc não postou mais nada pra mim… estou chateado.
Ele: Vou reblogar o que, bixa chata?
Eu: verdade…”

Pensando bem, passou da hora de criar vergonha na puta da cara, né?
 Juro para você, isso foi praticamente um furo no meu olho. Tom de brincadeira ou qualquer coisa do tipo, não tira a carga emocional que isso despejou em cima de mim.

Lá vou eu choramingar no colo da Tai. Ela é um amor, tem tantos problemas e ainda acha tempo para me escutar... Beleza, respirei fundo e bola pra frente. Continuamos o papo do Skipe, mas a "bixa chata" aqui não aguentou. Falei que fiquei chateado com o que ele disse, o Wise pediu desculpas, disse que foi brincadeira e, para eu parar de encher o saco, fez dois posts com a tag que ele falou que usaria quando (leia 'se' no lugar do quando) postasse alguma coisa pra mim.

Adivinha? Lá vai o viadinho todo feliz para procurar a tal postagem na minha dashboard do Tumblr. Rolando a tela, entre uma postagem e a outra, vi um gif de uma mão virando um tubo de comprimidos sobre uma mesa (menção clara a um ato suicida - depois comento uns papos down que já tive pelo Tumblr com esse pessoal depressivo e sérios candidatos a fazer besteira e, que o Wise é um)

Sério, esse gif estava entre as tais postagens que ele falou que tinha feito para mim. Fui abrir a boca sobre ela, pra que?

"Moço, não me estalkeia." Se não fosse a Tai dizer que isso é entrar todos os dias na página de uma pessoa, eu ia boiar até a China.Até tentei explicar que o tal gif estava entre as postagens com a "minha tag" (que é ojiisan), mas ele começou a partir para o lado da zoação (como faz sempre).

"[25/10/2013 18:16:24] Wise: Por essa e por outras
[25/10/2013 18:16:31] Wise: Para de ver o meu tumblr todo o dia."

Explosão

Juntou tudo, senti uma pontada dentro da cabeça e foi como se ela rodasse. Meti os pés pelas mãos e explodi. Até a Tai entrou no meio para amenizar, pois se não fosse ela, eu teria descido mais...

[25/10/2013 18:19:15] Gabriel: vc caga no pau mesmo!!
[25/10/2013 18:19:24] Gabriel: tem jeito não.
[25/10/2013 18:20:14] Gabriel: quer fazer graça? Entro todo dia, igual um idiota, procurando, mendigando alguma coisa que fosse para mim. Beleza, parei.
[25/10/2013 18:21:38] Gabriel: putz, gostar de um moleke tão cruel, é phoda!!
[25/10/2013 18:21:56] Gabriel: pisa mais, Wise!
[25/10/2013 18:22:10] Gabriel: assim eu me arrebento de uma vez só
[25/10/2013 18:22:12] Tai: Gabs, calma, controla ai
[25/10/2013 18:22:26] Gabriel: desculpa Tai.
[25/10/2013 18:22:48] Tai: ele só é um menino, calma, não cobra tanto dele!


Ele é só um Menino

Essa frase da Tai ecoou dentro da minha alma. Sai do Skipe, queria desaparecer... Na verdade, queria morrer para poder arrancar meu coração do peito e jogar na primeira lata de lixo disponível. Ele é só um menino, brincando com os sentimentos de uma pessoa de verdade. 

Criança brincam com lupas no sol só para ver formigas estourarem, jogam sal nas lesmas para vê-las derretendo, jogam pedras em cachorros, só para ouvir o grito deles quando acertam e brincam com o sentimento das pessoas, porque deve pegar bem entre os colegas da escola... Criança? Menino? Ele bate tão forte quanto um adulto faria... mas a culpa não é dele.

Se existe alguém que tem culpa de sair machucado com essa brincadeira, sou eu mesmo. Na verdade, ele já tinha deixado claro que queria um amigo (que ele pudesse dar uns 'pega' virtual), mas que namorico, nem pensar. Eu que não quis ouvir essa parte. Só que desta vez, eu obriguei ele a ser o mais claro possível

"Gabe, olha, eu gosto de você, mas não do mesmo jeito, não quero que você fique magoado quando olhar meu tumblr, mas nem todas postagens ali são pra você (leia nenhuma), eu te amo, Tio, mas não do jeito que você quer, não me force a por tag, eu fico me sentindo pressionado, isso não é legal nem pra mim nem pra você.
Sabe, um dos motivos de eu estar com medo "disso" era você estar mal, mas eu também estar, Aí você fica bravo comigo e diz que sou eu que tô "pisando". Se você tá triste e é culpa minha, me perdoa, mas não acho que tô bem assim pra subir no salto 15 (não mesmo)."